Como Criar e Embutir Legendas


Antes que alguém me pergunte, o tutorial abaixo NÃO foi criado por mim. Eu precisava de um programa legal, fácil e gratuito para criar e embutir legendas para o post anterior e encontrei esse guia. O troço é bem “for dummies” e, visto que me ajudou bastante, nada mais justo do que compartilhar com todos. Divirtam-se!

 

Quantas vezes você, assistindo a um filme, percebeu um erro grosseiro de legenda e tinha certeza que poderia fazer melhor? O programa DivXLand Media Subtitler é um freeware que dá oportunidade ao comum dos mortais de fazer a tradução e colocar legendas em vídeos. O programa é bastante amigável e tem versões disponíveis em diversas línguas, inclusive em português. Para começar a usá-lo, basta fazer seu download na página do produto e ter o Windows Media Player 10 instalado em seu computador (tem link para baixá-lo no próprio site do programa).

A tela inicial do programa já mostra bem como tudo funciona (Figura 1). No quadro preto será exibido o vídeo para que você possa inserir o texto no momento certo. Na coluna à esquerda, serão exibidas as legendas já criadas e o tempo em que elas devem aparecer. Na barra inferior à esquerda ficam a legenda selecionada no momento e  o botão “aplicar”, que será seu “faz tudo”. À direita, você poderá optar pelo modo de sincronização dos textos ao vídeo. Opte pelo recomendado, que é “pressionar e segurar”.

Feitas as apresentações iniciais, mãos à obra. Em primeiro lugar, vá no menu Arquivo para abrir o vídeo escolhido. O Media Subtitler suporta diversos formatos de vídeo, mas caso você não consiga abrir algum, tente instalar o Media Player Classic, que trará mais um grupo de codecs responsáveis pela reprodução de ainda mais tipos de vídeo. Se ainda assim você não tiver sucesso, tente converter seu vídeo para um formato mais comum.

Aberto o vídeo, deve-se abrir o arquivo de legenda, que pode ser um arquivo comum de texto. Isso porque o programa suporta arquivos simples de texto e muda de legenda para cada linha (com Enter). No entanto, recomendamos que a legenda seja escrita no próprio programa. Para isso, vá em “Nova legenda” do menu Arquivo. Para aqueles que não pretendem criar um arquivo, mas editar um arquivo de legenda com algum erro, basta abrir o arquivo e utilizar o programa para a edição.

Nesse momento, você deve ver o vídeo sendo exibido no quadro da direita e o arquivo de legenda à esquerda, ou, no nosso caso, apenas uma primeira linha em branco para criação de um novo arquivo (Figura 2). Agora veremos se você seria um bom “legendador” ou não! É um trabalho de paciência e interpretação, caso você esteja fazendo uma tradução. Por mais simples que seja o programa, tomará um tempo considerável.

Escreva o texto primeiro, sem se preocupar com o tempo

A primeira etapa deve ser escrever todas as legendas. A não ser que você tenha uma memória de elefante e consiga lembrar de toda a seqüência, vá dando play e pause no vídeo em períodos curtos para não se enrolar com todas as falas. Assista a uma fala e digite a legenda correspondente a ela no quadro branco na barra inferior à esquerda (Figura 3). Clique “Ctrl+A” para terminar a legenda e escrever a próxima. Lembre-se de não fazer textos nem muito longos, nem muito curtos, pois a legenda deve permanecer visível tempo suficiente para que seja lida com tranqüilidade, sem atropelar a seguinte.

Continue fazendo isso até ter escrito todas as legendas para o vídeo. Para editar qualquer uma delas, basta clicar na lista que aparecerá no lado esquerdo e fazer as alterações no quadro branco abaixo. Para incluir uma nova legenda entre duas já criadas, selecione a anterior e clique “Ctrl+A” para criar uma nova após a selecionada. Escolhemos um vídeo bem curto e com poucas falas para esse tutorial, mas, ao final dessa primeira fase, você deve estar no final do vídeo com uma lista de legendas na coluna da esquerda (Figura 4).

A hora da sincronização

Até aí, ainda não deu pra perceber a mágica desse programa. Mas nessa segunda fase ela será bem perceptível, ainda mais se você já tentou isso antes com outro tipo de programa. Selecione a primeira legenda (basta clicar sobre ela) e recomece o vídeo. Quando for o momento de inseri-la, aperte o botão “Aplicar” (logo abaixo do quadro branco) e apenas o solte quando achar que a legenda deve sumir. Automaticamente, o programa já seleciona a legenda seguinte para que você faça o mesmo, sem que seja necessário ficar parando o vídeo. Uma dica é deixar um pequeno intervalo entre uma e outra.

Por experiência própria, quando estiver trabalhando com um vídeo longo, com muitas falas, faça algumas sincronizações e assista o resultado antes de partir para as seguintes, pois fazer alterações no tempo que um texto é exibido depois que todo o trabalho já está pronto pode ser mais complicado, já que uma legenda passa por cima da outra.

Para ver o resultado do seu trabalho, no menu “Modo de Legenda” selecione a opção “Somente Pré-Visualização” e assista ao vídeo (Figura 5), que exibirá as legendas já sincronizadas. Não se preocupe com os retângulos pretos… na versão final eles desaparecem e a legenda fica com aspecto bem mais profissional. Se quiser fazer alguma alteração, basta repetir o processo selecionando a legenda que deseja alterar. Para fazer um ajuste fino, selecione o “Modo Manual” e altere o tempo em que a legenda aparece, nos quadros que mostram o momento da exibição, abaixo do quadro branco onde está a legenda selecionada.

A sessão vai começar

Se você já está acostumado a usar um player de vídeo que reconheça arquivos de legenda, sabe que basta que eles tenham o mesmo nome do arquivo do vídeo para que o programa cuide de reproduzi-los juntos. Portanto, salve o arquivo de legenda que acabou de criar na mesma pasta que contiver o vídeo e com o mesmo nome, usando a opção “Salvar” do menu Arquivo (dê OK na janela que abre, mantendo o formato padrão já selecionando ou escolhendo o de sua preferência).

Caso o objetivo seja embutir a legenda no vídeo, evitando a necessidade de players especiais e de se copiar sempre os dois arquivos, prepare-se para um trabalhinho adicional. A opção está lá no menu Arquivo (Figura 6), mas para executá-la, o MediaSubtitler precisa de ajuda externa. É preciso baixar o programa open-source Virtual Dub, um filtro de legendas e, eventualmente, o Codec do formato desejado.

O próprio programa ensina tudo isso, mas não custa darmos uma explicadinha. O VirtualDub você baixa de VirtualDub.org, mesmo lugar onde se encontram os tais filtros. O importante é escolher a última versão estável do programa e, depois de baixar os filtros, descompactá-los dentro da pasta “plugins” do lugar onde você tiver gravado o VirtualDub. Ao mandar embutir uma legenda, o MediaSubtitler vai perguntar onde está o VirtualDub e pedirá o filtro Subtitler.vdf.

Se estiver tudo OK, uma janela de status do VirtualDub mostrará o progresso da inserção das legendas (Figura 7). Dependendo do tamanho e qualidade do vídeo, este processo pode demorar bastante, mas é só ir fazer outra coisa enquanto espera. No final, um novo arquivo de vídeo será gravado na mesma pasta, com a indicação [sub] ao final do nome. É o seu vídeo legendado, pronto para ser exibido ao mundo (Figura 8)

 

SIGNATURE

Enviar por Email

Anúncios

6 comentários

  1. Cara…
    Todas as iniciativas são positivas.
    Toda e qualquer informação demonstra o esforço prodigalizado e vontade de maximizar o conhecimento compartilhando-o com o mundo.
    Felicidades a você e parabéns no tocante ao esforço herculeo que demonstra ao criar esta ferramenta.

    sds,
    P. Murilo

    Curtir

    1. Valeu Murilo! Vindo de um cara show que nem você esse é um elogio que massageia o ego! Comente com os amigos e deixe que eu compartilhe com eles minhas dicas e pensamentos. Ah! Sugestões de matérias são bem vindas!
      Grande Abraço,
      \Luguta

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s