Dica do Dia – Sustentabilidade Legal – Lixo


Dando continuidade a uma série de dicas de sustentabilidade legal, o blog do Luguta dará dicas sobre como economizar recursos naturais, dinheiro e ainda colaborar com a preservação do nosso planeta. Diariamente, nossas atitudes e escolhas têm um impacto no ambiente, seja no desperdício ou na preservação dos recursos naturais da terra.   

Lembre-se: seus pais lhe entregaram um lugar onde você pôde viver. Como você vai entregá-lo para seus filhos?

Definição: 

Sustentabilidade é um conceito sistêmico, relacionado com a continuidade dos aspectos econômicos, sociais, culturais e ambientais da sociedade humana. Colocando em termos simples, a sustentabilidade é prover o melhor para as pessoas e para o ambiente tanto agora como para um futuro indefinido. Segundo o Relatório de Brundtland (1987), sustentabilidade é: “suprir as necessidades da geração presente sem afetar a habilidade das gerações futuras de suprir as suas”.

Lixo

lixo

  • Converse com seus vizinhos e entre em contato com uma cooperativa de catadores. Combine um dia da semana para que a cooperativa colete os materiais recicláveis que vocês armazenaram.
  • Não use a privada como lixo.
  • Muitos litros de água são gastos desnecessariamente para descartar resíduos sólidos como papel higiênico e tocos de cigarro.
  • Ao comprar, escolha bens duráveis e de qualidade, mesmo que um pouco mais caros. Produtos que precisam ser freqüentemente repostos agravam a produção de lixo.
  • Muitas farmácias já oferecem quiosques de coleta para embalagens de remédios, seringas e medicamentos vencidos. Utilize esses postos ao invés de descartar medicamentos no lixo comum.
  • Quando trocar seu telefone celular, descarte seu aparelho antigo, as baterias e o carregador num posto de coleta junto à loja de sua operadora.
  • Muitas partes descartadas dos alimentos são, na verdade, fonte de muito valor nutritivo. Folhas, talos, cascas e sementes podem ser usados em receitas, evitando o desperdício e o aumento de lixo.
  • Diminua a geração de lixo dando preferência a embalagens que atendam o consumo da sua família e/ou equipe. Por exemplo: se existe muito consumo de água mineral, compre embalagens de 2 litros ao invés de garrafas pequenas.
  • Ao invés de jogar no lixo revistas, livros, móveis, utensílios e outras coisas, encaminhe para a Assistência Social de sua cidade ou para instituições de caridade. Sempre existem pessoas necessitadas que farão bom uso do que você não quer mais.
  • Se puder, leve sua própria sacola ao fazer compras, evitando usar mais sacolas fornecidas pelos supermercados. Esse tipo de plástico, que em sua grande maioria vai parar nos lixões, leva 450 anos para ser desintegrado.
  • Antes de Reciclar, pense em Reutilizar os materias. Dar novos usos aos produtos que iriam para o lixo é uma grande contribuição!
  • Tenha sempre no seu carro uma sacolinha para o lixo.
  • O lixo jogado nas ruas causa problemas para todos. Exija do poder público a instalação de lixeiras e conscientize quem você puder!
  • Um pouco de café ou gordura (como margarina ou maionese) pode inutilizar vários quilos de papel para reciclagem, por isso, separe corretamente o lixo evitando que resíduos orgânicos possam danificar o lixo seco.
  • Prefira produtos com o mínimo possível de embalagens, gerando o mínimo de lixo.
  • Para que a reciclagem do lixo possa ser feita, o primeiro passo deve ser dado por você: a separação correta do lixo seco e do lixo orgânico.
  • Pilhas e baterias não devem ser descartadas em lixo comum, pois possuem componentes químicos que contaminam o solo e as águas, causando grandes danos à natureza e aos seres vivos. Separe as pilhas e baterias e procure um posto de coleta existente em sua cidade.
  • Vários produtos de consumo diário são oferecidos na versão refil. A embalagem de refil utiliza menos recursos para ser produzida e é mais facilmente reciclável, além de ser mais barata. Da próxima vez que fizer compras, procure o refil do café solúvel, da maionese, do shampoo, do detergente…
  • Na feira e no supermercado, compre apenas o necessário para a semana, assim você terá sempre alimentos frescos e evitará o desperdício.

Agradecimentos à minha melhor metade Ana Flávia pela sugestão dessa série de dicas para ajudar nosso planeta.

E-e! 

POSTS RELACIONADOS:

Dica do Dia – Sustentabilidade Legal – Água I

Dica do Dia – Sustentabilidade Legal – Água II

Dica do Dia – Sustentabilidade Legal – Água III

Dica do Dia – Sustentabilidade Legal – Água IV

Dica do Dia – Sustentabilidade Legal – Água V

Dica do Dia – Sustentabilidade Legal – Energia

Dica do Dia – Sustentabilidade Legal – Papel

SIGNATURE

Enviar por Email

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s