Tutorial do Dia – Backup para celulares


O conteúdo do seu smartphone tem cópia? Veja quatro alternativas para manter tudo seguro e nas nuvens.

A situação não é rara: usar um PC ou um notebook em casa, outro no trabalho e ainda ter um smartphone. As plataformas mudam, mas não o conteúdo. Afinal, somos as mesmas pessoas e as plataformas não mudam nossas personalidades.

Unificar o conteúdo entre smartphone, desktop e notebook é um nicho em ascensão. Superar as peculiaridades de cada sistema e oferecer um local seguro para guardar e recuperar dados quando preciso são os desafios para agradar a um público crescente. O acesso a dados nas nuvens não é mais um luxo ou um diferencial na tecnologia: virou obrigação para o reconhecimento. Neste artigo, você vai conhecer um pouco sobre quatro opções disponíveis para sincronização e acesso a conteúdo.

MobileMe, Apple

O MobileMe é a solução da Apple para sincronizar e organizar emails, contatos e compromissos no calendário no iPhone, Mac e PC. São vários aplicativos para manter tudo sincronizado. O iDisk, por exemplo, oferece 20 GB para guardar e compartilhar arquivos que podem ser acessados a qualquer hora de um computador e até mesmo de um iPhone. Neste quesito, nenhum concorrente supera o aplicativo da Apple.

MobileMe, o representante da Apple nessa briga.

Este serviço foi lançado gratuitamente em 2000 para usuários do Mac OS 9. Dois anos depois, o MobileMe passou a ser pago e direcionado principalmente para o Mac OS X. Foi em 2008, após nova remodelação, que este conjunto de aplicativos ganhou mais mercado, uma vez que passou a ser compatível com Windows, iPhone e iPod Touch.

Uma peculiaridade do MobileMe é o fato de não copiar inteiramente todos os dados de um smartphone. Esse mecanismo implica uma vantagem e uma desvantagem. O lado bom é o uso de menos espaço em nuvem, enquanto a contrapartida é não poder acessar todo o conteúdo.

Um recurso muito interessante do MobileMe é o Find My iPhone, que localiza um iPhone e mostra onde ele está com direito a mapa e tudo. Basta habilitar este serviço no MobileMe e logar quando for preciso. É necessário que o aparelho esteja ligado, obviamente. Se for o caso, o dono envia uma mensagem para que quem estiver com o aparelho seja orientado. Se o cenário não for otimista, é possível travar totalmente o iPhone ou detonar o conteúdo com um código específico.

Ovi, Nokia

Ovi é a linha da Nokia para todos os serviços para a internet, os quais podem ser acessados de um celular ou PC. O conteúdo é organizado em temas como jogos, mapas, mídia, mensageiros e música.

O serviço surgiu em 2007 e, assim como o MobileMe, passou por uma atualização ambiciosa em 2008. As utilidades incluem sincronização de calendários e contatos, acesso a email e armazenamento de arquivos em nuvem.

Um destaque do Ovi também envolve mapas. É o Ovi Maps, um utilitário que sincroniza lugares e rotas de viagens, simplificando o recurso que já existe no Google Maps. A expectativa da Nokia é evoluir para se tornar uma plataforma e aí integrar serviços terceiros.

O Ovi, colocando a Nokia como concorrente de peso.

My Phone, Microsoft

A Microsoft compete no ramo de serviços para a internet desde 2009 com o My Phone, parte do Windows Mobile 6.5. Gratuito, o pacote sincroniza contatos, calendário, tarefas, mensagens de texto, favoritos, fotos, música, vídeos, documentos e tudo mais armazenado no cartão de memória.

A Microsoft sempre tem força em novos mercados.

Assim como o MobileMe, o My Phone também consegue localizar um telefone Windows Mobile, mas o funcionamento do aplicativo da Microsoft é diferente. No plano gratuito, o utilitário informa a última localização onde um aparelho foi sincronizado. Para saber a localização em tempo real, é necessário adquirir o plano pago do My Phone.

O My Phone oferece capacidade de 200 MB de armazenamento. Se é pouco ou suficiente, é o tipo de arquivo armazenado que decide. Os usuários acessam um portal para gerenciar todo o conteúdo.

Este aplicativo da Microsoft suporta as versões 6.0, 6.1 e 6.5 do Windows Mobile e está disponível em 25 idiomas. O serviço usa as informações de autenticação do Windows Live ID e a estrutura do Windows Live Server.

mIQ, Best Buy

O mIQ é o caçula nesta briga portátil. A vantagem dele é a possibilidade de uso em diferentes plataformas: Windows Mobile, BlackBerry e Symbian – o que engloba diversos modelos de diferentes operadoras. Também gratuito, o mIQ sincroniza o conteúdo de um smartphone na internet sem que o usuário precise esquentar com o procedimento.

o mIQ, da Best Buy, concorrendo com nomes de peso.

Há 1 GB para armazenamento, número considerável para um aplicativo gratuito. Sequer é necessário restaurar dados para um aparelho. Por exemplo: se você adquirir um aparelho novo compatível com o mIQ, é possível transferir tudo sem dores de cabeça.

Além de gerenciar contatos, pode-se compartilhar imagens em redes sociais, enviar e receber mensagens de texto e mais. O envio de mensagens é o grande destaque do mIQ, útil em várias ocasiões: comunicar-se mesmo sem bateria ou enquanto não acha o aparelho, por exemplo.

Agradecimentos ao Bruno Lopes pela dica da matéria.

SIGNATURE

Enviar por Email

Anúncios

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s