Blog do Luguta

Dicas de tecnologia e afins

Tutorial do Dia – Backup para celulares


O conteúdo do seu smartphone tem cópia? Veja quatro alternativas para manter tudo seguro e nas nuvens.

A situação não é rara: usar um PC ou um notebook em casa, outro no trabalho e ainda ter um smartphone. As plataformas mudam, mas não o conteúdo. Afinal, somos as mesmas pessoas e as plataformas não mudam nossas personalidades.

Unificar o conteúdo entre smartphone, desktop e notebook é um nicho em ascensão. Superar as peculiaridades de cada sistema e oferecer um local seguro para guardar e recuperar dados quando preciso são os desafios para agradar a um público crescente. O acesso a dados nas nuvens não é mais um luxo ou um diferencial na tecnologia: virou obrigação para o reconhecimento. Neste artigo, você vai conhecer um pouco sobre quatro opções disponíveis para sincronização e acesso a conteúdo.

MobileMe, Apple

O MobileMe é a solução da Apple para sincronizar e organizar emails, contatos e compromissos no calendário no iPhone, Mac e PC. São vários aplicativos para manter tudo sincronizado. O iDisk, por exemplo, oferece 20 GB para guardar e compartilhar arquivos que podem ser acessados a qualquer hora de um computador e até mesmo de um iPhone. Neste quesito, nenhum concorrente supera o aplicativo da Apple.

MobileMe, o representante da Apple nessa briga.

Este serviço foi lançado gratuitamente em 2000 para usuários do Mac OS 9. Dois anos depois, o MobileMe passou a ser pago e direcionado principalmente para o Mac OS X. Foi em 2008, após nova remodelação, que este conjunto de aplicativos ganhou mais mercado, uma vez que passou a ser compatível com Windows, iPhone e iPod Touch.

Uma peculiaridade do MobileMe é o fato de não copiar inteiramente todos os dados de um smartphone. Esse mecanismo implica uma vantagem e uma desvantagem. O lado bom é o uso de menos espaço em nuvem, enquanto a contrapartida é não poder acessar todo o conteúdo.

Um recurso muito interessante do MobileMe é o Find My iPhone, que localiza um iPhone e mostra onde ele está com direito a mapa e tudo. Basta habilitar este serviço no MobileMe e logar quando for preciso. É necessário que o aparelho esteja ligado, obviamente. Se for o caso, o dono envia uma mensagem para que quem estiver com o aparelho seja orientado. Se o cenário não for otimista, é possível travar totalmente o iPhone ou detonar o conteúdo com um código específico.

Ovi, Nokia

Ovi é a linha da Nokia para todos os serviços para a internet, os quais podem ser acessados de um celular ou PC. O conteúdo é organizado em temas como jogos, mapas, mídia, mensageiros e música.

O serviço surgiu em 2007 e, assim como o MobileMe, passou por uma atualização ambiciosa em 2008. As utilidades incluem sincronização de calendários e contatos, acesso a email e armazenamento de arquivos em nuvem.

Um destaque do Ovi também envolve mapas. É o Ovi Maps, um utilitário que sincroniza lugares e rotas de viagens, simplificando o recurso que já existe no Google Maps. A expectativa da Nokia é evoluir para se tornar uma plataforma e aí integrar serviços terceiros.

O Ovi, colocando a Nokia como concorrente de peso.

My Phone, Microsoft

A Microsoft compete no ramo de serviços para a internet desde 2009 com o My Phone, parte do Windows Mobile 6.5. Gratuito, o pacote sincroniza contatos, calendário, tarefas, mensagens de texto, favoritos, fotos, música, vídeos, documentos e tudo mais armazenado no cartão de memória.

A Microsoft sempre tem força em novos mercados.

Assim como o MobileMe, o My Phone também consegue localizar um telefone Windows Mobile, mas o funcionamento do aplicativo da Microsoft é diferente. No plano gratuito, o utilitário informa a última localização onde um aparelho foi sincronizado. Para saber a localização em tempo real, é necessário adquirir o plano pago do My Phone.

O My Phone oferece capacidade de 200 MB de armazenamento. Se é pouco ou suficiente, é o tipo de arquivo armazenado que decide. Os usuários acessam um portal para gerenciar todo o conteúdo.

Este aplicativo da Microsoft suporta as versões 6.0, 6.1 e 6.5 do Windows Mobile e está disponível em 25 idiomas. O serviço usa as informações de autenticação do Windows Live ID e a estrutura do Windows Live Server.

mIQ, Best Buy

O mIQ é o caçula nesta briga portátil. A vantagem dele é a possibilidade de uso em diferentes plataformas: Windows Mobile, BlackBerry e Symbian – o que engloba diversos modelos de diferentes operadoras. Também gratuito, o mIQ sincroniza o conteúdo de um smartphone na internet sem que o usuário precise esquentar com o procedimento.

o mIQ, da Best Buy, concorrendo com nomes de peso.

Há 1 GB para armazenamento, número considerável para um aplicativo gratuito. Sequer é necessário restaurar dados para um aparelho. Por exemplo: se você adquirir um aparelho novo compatível com o mIQ, é possível transferir tudo sem dores de cabeça.

Além de gerenciar contatos, pode-se compartilhar imagens em redes sociais, enviar e receber mensagens de texto e mais. O envio de mensagens é o grande destaque do mIQ, útil em várias ocasiões: comunicar-se mesmo sem bateria ou enquanto não acha o aparelho, por exemplo.

Agradecimentos ao Bruno Lopes pela dica da matéria.

SIGNATURE

Enviar por Email

12/11/2009 - Posted by | Tutoriais |

Nenhum comentário ainda.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: