tutorial picasa

Tutorial do Dia – Picasa: como endireitar uma foto

Aprenda a desentortar suas fotos, utilizando o Picasa

O Picasa já provou que é o um excelente aplicativo para gerenciamento e exibição de imagens. Grande parte dos usuários, no entanto, não sabe que o programa em questão também pode ser utilizado para fazer pequenas edições em imagens.

Certamente você já deve ter tirado uma foto que ficou um pouco fora de quadro ou torta e teve que utilizar um editor de imagens para arrumá-la. O problema em editar uma imagem com determinados programas é que esses nem sempre preservam a qualidade das fotos, sem contar que normalmente eles ocupam um bom espaço no disco rígido.

Para resolver problemas como este, os desenvolvedores do Picasa adicionaram algumas ferramentas básicas para edição de imagens, as quais tentam preservar ao máximo a qualidade e as cores das imagens. Uma destas ferramentas permite que o usuário edite atributos como o ângulo de inclinação e zoom de uma foto, assim é possível girar a imagem e deixá-la mais centrada.

Acompanhe logo abaixo o passo-a-passo de como utilizar a ferramenta de edição “Endireitar” do Picasa. Lembre-se de baixar e instalar o programa antes de começar a ler os passos. Assim você pode ir seguindo o tutorial sem problemas.

Passo-a-passo

1) O Picasa detecta e insere as imagens na galeria automaticamente. Assim, basta que você abra o programa, localize a imagem que deseja editar e clique duas vezes sobre ela.

2) Uma janela de edição será exibida. Nesta, localize a opção “Endireitar”, localizada na aba “Básico” na coluna à esquerda do programa.

Ao clicar sobre este botão, repare que parecerá que a imagem está quadriculada. Calma, sua foto continua intacta. Este quadriculado é chamado de grade, e ajuda muito na hora de alinhar itens ou a própria imagem.

Clique na opção Endireitar.

3) Juntamente com este quadriculado, aparecerá também uma espécie de barra de rolagem abaixo na imagem. É arrastando esta “barra” que você conseguirá girar a foto para o lado que desejar.

Utilize a barra para girar a imagem.

4) Depois que a imagem estiver arrumada, clique em “Aplicar” para que o efeito seja realmente aplicado.

Salvando o resultado

Opções do Menu

Depois de girar a imagem e conseguir o resultado desejado, é hora de salvar as modificações. É possível armazenar as informações editadas no arquivo original mesmo, ou criar uma nova imagem.

Para a primeira opção, basta utilizar o atalho “CTRL+S”, ou selecionar a opção “Salvar” presente no menu “Arquivo”. Já para salvar a imagem como um novo arquivo, acesse a opção “Salvar Como” presente no mesmo menu da opção anterior. Em seguida, basta escolher um nome para a nova imagem e também a pasta na qual ela será salva. Pronto, seu trabalho foi salvo!

Há ainda uma segunda maneira de salvar a imagem editada como outro arquivo. A diferença desta para a anterior é o fato do usuário decidir o tamanho e a qualidade que a nova imagem terá. Para isto, basta clicar em “Exportar imagem para a pasta…”, escolher quais serão os atributos do novo arquivo e clicar em “Ok”.

Inclinando imagem

Além de endireitar uma imagem você também pode incliná-la. O processo é o mesmo, mas o efeito é justamente o inverso daquele descrito acima. Dependendo da imagem, o efeito de inclinação fica muito legal e destaca a foto.

Incline suas imagens.

Este tutorial do Picasa vai ficando por aqui. E você, o que achou da edição de imagens pelo Picasa? Não deixe de enviar sua opinião!

SIGNATURE

Enviar por Email

Tutorial do Dia – Aprendendo a usar as funções mais básicas do seu Picasa

O primeiro passo para começar a usar o Picasa é rastrear as imagens localizadas no seu computador, escolhendo uma das seguintes opções disponíveis:

Procurar imagens no computador inteiro: Opção destinada a quem armazena suas fotos em várias pastas diferentes do computador ou que não sabe onde estão todas elas. Recomendada se você possui seus dados distribuídos em mais de um disco rígido.

Procurar somente em Meus Documentos, Minhas Imagens e Área de Trabalho: Opção destinada à maioria dos usuários. Indicada a quem guarda suas fotos nos lugares mais prováveis do seu computador, os quais geralmente ficam selecionados por padrão ao tentar gravar arquivos de imagem no seu Windows.

Depois de rastreadas, você poderá conferir todas as imagens encontradas, divididas em suas respectivas pastas de origem.

Aplicando ajustes e efeitosAo clicar na miniatura de uma imagem, você poderá acessar suas opções de edição e ajustes disponíveis, as quais envolvem, todas devidamente explicadas no próprio programa:

 
Correções básicas na posição e no formato das fotos e ajustes automáticos:

Ajustes de cores, sombras e luminosidade:

Efeitos prontos para aplicar com apenas um clique:

Opções para depois da edição
 
Ainda, no canto inferior dessa tela de opções, você vai poder escolher entre várias aplicações finais para as suas fotos já editadas, entre as quais estão:

Imprimir e definir configurações de impressão.

Enviar por e-mail usando o Outlook ou o GMail.

Criar uma colagem — opção indicada para quando você tiver selecionado mais de uma foto.

Postar no seu blog — utilizando o serviço Blogger.

Enviar para serviços de impressão — encomendando impressões online de suas fotos para empresas especializadas.

Exportar alterando opções de dimensões e compressão das imagens selecionadas.

Como adicionar novas imagens à biblioteca

Se nem todas as imagens foram rastreadas ou mesmo você possui arquivos novos para serem adicionados à biblioteca do programa você deve utilizar a ferramenta “Importar”.

Uma nova janela será aberta, mostrando os possíveis dispositivos de origem e as suas respectivas imagens.

Após selecionar os arquivos desejados, clique em “Concluir”.
Criando um CD para presente

No painel principal você também vai poder conferir a ferramenta “CD para presente”.

Para usá-la, primeiro selecione as imagens que deseja incluir no CD e depois clique no botão que simboliza a ferramenta. Uma nova janela será aberta e lá você poderá executar as seguintes ações:

1. Adicionar novas imagens de pastas a partir do seu disco rígido ou de outros dispositivos como um CD ou pendrive.
2. Incluir uma apresentação de slides no formado que desejar.
3. Mudar o nome do seu CD (aquele nome que aparece ao navegar pelo seu Windows Explorer)
4. Iniciar a gravação da mídia que estiver localizada no seu gravador.

SIGNATURE

Enviar por Email